Descobrindo a felicidade! Propósito de vida e educação emocional

Todos nós, seres humanos, buscamos a felicidade. Mas a grande questão é saber o que realmente significa ser feliz. Somos tão diferentes uns dos outros e tão iguais! As diferenças estão nos valores e crenças que nos faz olhar e entender a vida por ângulos diferentes. Mas a igualdade nos irmana, afinal, temos um corpo biológico e um campo emocional que nos leva a buscar coisas parecidas para sentir bem-estar: dormir, comer, ter saúde, sexo, lazer.

Leia Mais

Qual a diferença entre Educação Emocional e Inteligência Emocional

O vídeo de hoje aborda uma dúvida frequente! Afinal, qual a diferença entre Inteligência Emocional e Educação Emocional?

Muitas pessoas confundem Educação Emocional com Inteligência Emocional – IE. As duas estão interligadas, mas a primeira é o meio e a segundo é o fim. Por exemplo, não é possível obtermos uma educação emocional eficaz enquanto não tivermos consciência do nosso temperamento, a base do modelo emocional e consequentemente, apoia as competências da Inteligência Emocional – IE.

Leia Mais

Educação Transcomportamental – Formando o ser integral

Muitos pesquisadores sociais acreditam que raiz da maioria dos problemas atuais está na crença de que somos seres individuais e separados de tudo a nossa volta. Essa crença origina doenças psicoemocionais como o egoísmo, medo, desconfiança, ódio. Desequilíbrios emocionais que nos levam a conflitos, violência e a competitividade desenfreada e desleal, onde as pessoas se tornam objetos e engrenagem de um mundo cada vez mais desordenado.

Leia Mais

Competências Socioemocionais – A emoção na educação

O conceito de competência socioemocional (Ortiz, 2010) surgiu na literatura mundial com diferentes significa­dos e em tempos diversos. No entanto, a denominação de competência socioemocional começou primeiramente como competência social, na década de 80 do século passado, se confundindo com o conceito de competência emocional ou inteligência social, em algumas literaturas. Mais tarde, já na década de 90, com a publicação de vários livros sobre Inteligência Emocional, é que os conceitos começaram a clarear (Goleman, 1995).

Leia Mais

Mudança comportamental, interagindo o Pensar, o Sentir o Agir e o Interagir

Nós somos seres que vivemos em diferentes dimensões, e isso requer diferentes funções para interagirmos com essas realidades diversas, como a física (corpo/matéria), emocional (sentimentos), mental (pensamentos), social (relações) e espiritual (intuição/fé). Essas muitas dimensões tornam nossa vida bastante complexa se não soubermos interagir com elas.

Leia Mais